Pub

Paulo Cardinal quebrou o silêncio sobre não renovação do contrato. Oito meses depois de ter sido tornado pública a não renovação do contrato de assessor jurídico na Assembleia Legislativa (AL), o jurista diz que até hoje não consegue encontrar resposta para a verdadeira razão para o fim do vínculo laboral que durava há 26 anos. Paulo Cardinal admite, no entanto, a possibilidade de saneamento político.

Partilhar

Notícias (16)

  • <
  • Pág 1 de 2
  • >