Pub

A população está aterrorizada. Há campos agrícolas e aldeias abandonadas. Inúmeras atividades afetadas, incluindo, mais recentemente, o recenseamento eleitoral e o apoio humanitário pós-ciclones. As autoridades anunciam detenções e lançam apelos, mas nada têm feito para parar os ataques armados que já atingiram quem trabalha nos megaempreendimentos de gás natural.

Partilhar

Notícias (32)

  • <
  • Pág 1 de 4
  • >