Zungueiras partilham experiências com universitários

Zungueiras partilham experiências com universitários

Um grupo de vendedeiras ambulantes, vulgo zungueiras, foram à Universidade Óscar Ribas (UOR) partilhar as suas experiências e conviver com estudantes e os membros do corpo directivo e docente dessa instituição,

Santa Esmeralda Cauanga surpreendeu os presentes ao afirmar que, apesar de ser muito jovem, já lutou muito pela vida. "Almejo ser alguém na vida. Não consegui. Bati a muitas portas, mas sem sucesso. Agora decidi que me dedicarei apenas à zunga para poder sustentar os meus filhos e eles possam ser alguém", frisou. Para tal, tentou matriculá-los nas escolas públicas, mas não conseguiu por insuficiência de vagas, pelo que se viu obrigada a inseri-los numa escola privada.

As vendedeiras contaram que muitas vezes não vêm outra solução senão atirar-se com os efectivos da fiscalização que tentam se apropriar dos seus bens, por recordarem que os seus filhos, em casa, aguardam pelo seu regresso à casa com alimentação e dinheiro para pagar as propinas.

Leia mais em O País

Relacionadas

Exclusivos