Vilarejo alemão elegeu prefeito neonazista e agora quer voltar atrás

Stefan Jagsch, do ultranacionalista Partido Nacional Democrata (NPD), em Waldsiedlung, na Alemanha

Stefan Jagsch, do ultranacionalista Partido Nacional Democrata (NPD), em Waldsiedlung, na Alemanha

  |  Andreas Arnold/dpa/AFP

Stefan Jagschm, único a se candidatar, foi eleito por unanimidade entre vereadores.

A decisão de um pequeno vilarejo no sudoeste da Alemanha de eleger para prefeito um candidato de um partido neonazista provocou reações de repúdio e um exame nacional de consciência.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG