Tribunal da Relação usado para julgamento privado que rendeu 280 mil euros ao juiz

O juiz Luís Vaz das Neves

O juiz Luís Vaz das Neves

  |  Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens

O juiz Luís Vaz das Neves, arguido na Operação Lex, terá usado as instalações do Tribunal da Relação de Lisboa para um processo privado de que foi árbitro, em 2018.

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, usou o salão nobre do tribunal para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros, avança , esta quinta-feira, o jornal Público.

De acordo com o jornal, em causa está um litígio entre o grupo Altis e o fundo de investimento imobiliário Explorer relacionado com o Altis Park, um hotel nas Olaias, em Lisboa.

Leia mais em TSF

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG