Trabalhador poderá ter de bancar custos de processos contra o INSS

 ministro da Economia, Paulo Guedes, durante reunião com dirigentes da Frente Nacional de Prefeitos

ministro da Economia, Paulo Guedes, durante reunião com dirigentes da Frente Nacional de Prefeitos

  |  Agencia Brasil

Pela proposta, que tenta reduzir judicialização, Estado só assumiria gasto com ação da baixa renda

O governo quer que trabalhadores tenham de arcar com as despesas ao entrar com um processo judicial contra o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Para a população de baixa renda, a gratuidade, porém, deve ser mantida.

Técnicos da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmaram à Folha que o objetivo é reduzir a judicialização. Cerca de 15% dos benefícios pagos pelo INSS foram obtidos por via judicial.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG