Supremo decide: Lula pode sair em liberdade a qualquer momento

Supremo decide: Lula pode sair em liberdade a qualquer momento

REUTERS / Ueslei Marcelino

Por seis votos contra cinco, os juízes determinaram só mandar prender condenados após o trânsito em julgado, entendimento que favorece o antigo presidente. Advogados já pediram a sua saída. Entretanto, para já, o político não disporá da possibilidade de se candidatar a cargos públicos.

O Supremo Tribunal Federal do Brasil (STF), com um resultado apertado mas já aguardado de seis votos a favor e cinco contra, votou pela prisão de condenados apenas após o trânsito em julgado e não logo depois da decisão da segunda instância, o que resultará na liberdade de Lula da Silva.

Por enquanto, porém, ainda não se sabem os detalhes de como e quando se dará a saída do antigo presidente, preso desde abril de 2018 em Curitiba, pela posse de um apartamento tríplex numa praia do estado de São Paulo, no âmbito da Operação Lava Jato, mas a sua defesa já entrou com um pedido de soltura para as próximas horas.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG