STJ manda soltar Pezão, ex-governador do Rio, e impõe uso de tornozeleira

O então governador Pezão na época da prisão, em 2018.

O então governador Pezão na época da prisão, em 2018.

  |  Ricardo Moraes/Reuters

Emedebista, que governou o estado de 2014 a 2018, tinha sido preso em desdobramento da Lava Jato.

Preso desde novembro de 2018, o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB) será liberado nas próximas horas graças a uma liminar concedida pela Sexta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O ministro Rogerio Schietti Cruz, relator do recurso na corte, considerou que a prisão preventiva não poderia ser utilizada como punição antecipada ao emedebista, embora entenda que a ordem de detenção tenha demonstrado a sofisticação da organização criminosa. Pela decisão, Pezão terá que usar tornozeleira e não poderá sair de casa no período das 20h às 6h.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG