Seis capitais brasileiras batem meta de redução de mortes no trânsito

Trânsito na marginal Tietê na altura da ponte Júlio de Mesquita (zona norte de São Paulo

Trânsito na marginal Tietê na altura da ponte Júlio de Mesquita (zona norte de São Paulo

  |   Rubens Cavallari 13.abr.2018/Folhapress

Radares, bafômetro e ação conjunta explicam sucesso; prazo da ONU é 2020

O ano de 2020 é o último para que as cidades brasileiras (e o país) reduzam em 50% o número de mortes no trânsito. A meta foi pactuada junto à ONU e leva em conta o período de 2011 a 2020.

Levantamento inédito da Folha mostra que em 2018 seis capitais (Rio Branco, Salvador, Belo Horizonte, Aracaju, Curitiba e Porto Alegre) se adiantaram e atingiram o objetivo.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG