Roberto Leal queria viver "mais um pouquinho" para ver netas crescerem

O cantor no desfile da escola de samba X-9 Paulistana, em 2012

Músico, que faleceu domingo, deu última entrevista há menos de duas semanas

Roberto Leal, cantor português de 67 anos, deu uma última entrevista há cerca de duas semanas, ao canal brasileiro Band. Em conversa com a jornalista Veruska Boechat, o músico falou praticamente de tudo e não fugiu à doença, da qual acabaria por falecer no último domingo.

Aos 67 anos, Roberto Leal, nunca revelou ter medo da morte, até porque sempre se assumiu como "filho de Deus". No entanto, nesta entrevista, gravada há cerca de duas semanas, o cantor pediu para viver "mais um pouquinho", sobretudo para ver as suas netas Bianca e Mayara crescer.

"Quando fui fazer a operação à coluna, a dor era tão grande, tão grande, que ela tomou conta do meu corpo. Antes de entrar no bloco procurei Deus e disse-lhe 'a partir de agora entrego-me nas Tuas mãos, que não mais forças'. Quando estás à beira de partir deste mundo, queres ficar mais um pouquinho, para ver crescer as tuas netas e as vitórias dos teus filhos. E deixar a tua companheira em paz", salientou então Roberto Leal, que será hoje enterrado em São Paulo.

Relacionadas

Exclusivos