República Democrática do Congo introduz nova vacina contra ebola

Enfermeira prepara vacina contra ébola, em Goma, em 7 de agosto de 2019 - AFP/Arquivos

Enfermeira prepara vacina contra ébola, em Goma, em 7 de agosto de 2019 - AFP/Arquivos

As autoridades da República Democrática do Congo vão introduzir em meados de outubro uma segunda vacina contra o ebola, que matou mais de 2.000 pessoas neste país

O anúncio da Organização Mundial da Saúde (OMS), nesta segunda-feira (23), coincide com as críticas da Médicos sem Fronteiras (MSF). De acordo com a ONG, esta agência do Sistema ONU estaria "racionando" a primeira vacina disponível contra a doença no país africano.

"As autoridades de saúde da RDC anunciaram sua intenção de introduzir uma segunda vacina experimental contra o ebola, fabricada pela Johnson & Johnson a partir de meados de outubro", indicou a OMS em um comunicado.

A agência especializada da ONU afirmou que a vacina será aplicada em populações de risco em regiões onde não há transmissão ativa do vírus.

Leia mais em ISTOÉ

Relacionadas

Exclusivos