PSD questiona Governo sobre uso de militares "em substituição de grevistas"

PSD questiona Governo sobre uso de militares "em substituição de grevistas"

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

O PSD questionou, este domingo, o Governo sobre o emprego de militares das Forças Armadas "em substituição de grevistas" na distribuição de combustíveis, no âmbito da greve dos motoristas de transportes de matérias perigosas, que decorre há sete dias.

"Têm os senhores primeiro-ministro e ministro da Defesa um conhecimento, distinto da generalidade dos portugueses, de uma eventual Declaração do Estado de Sítio ou do Estado de Emergência, nos termos constitucionais e legais, que justifiquem o emprego de militares das Forças Armadas em substituição dos grevistas na distribuição de combustíveis?", questiona o deputado Pedro Roque.

Na pergunta enviada através do presidente da Assembleia da República, o também coordenador do Grupo Parlamentar do PSD na Comissão de Defesa Nacional frisa que, "não existindo qualquer Declaração do Estado de Sítio ou do Estado de Emergência", como é que António Costa e João Gomes Cravinho "justificam o emprego de militares das Forças Armadas na substituição de grevistas?".

Leia mais em Jornal de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG