Primeiro de dois C-130 portugueses com apoio parte hoje para Moçambique

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal

  |  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Uma força de reação rápida portuguesa constituída por 35 militares, uma equipa cinotécnica e médicos parte hoje de Lisboa, a bordo de um avião C-130

O anúncio foi feito hoje, em Lisboa, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE), Augusto Santos Silva, em declarações aos jornalistas, tendo acrescentado que um segundo avião C-130 português estará em condições de voar para Moçambique a partir de quinta-feira, com mais equipas de apoio.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG