Prédio que seria usado para receber pacientes com coronavírus é atacado em Hong Kong

Entrada em chamas de prédio que seria usado para quarentena em Hong Kong

Entrada em chamas de prédio que seria usado para quarentena em Hong Kong

  |  AFP

Manifestantes lançaram, neste domingo (26) à noite, coquetéis molotov contra um prédio desocupado em Hong Kong que foi escolhido para ser uma área de quarentena para pessoas que podem ser portadoras do vírus 2019-nCoV, informou a polícia.

"Esses atos destrutivos representam uma séria ameaça à segurança das pessoas", disse a polícia de Hong Kong em comunicado. Um fotógrafo da AFP viu grandes chamas saindo da entrada do prédio antes dos bombeiros intervirem.

As autoridades de Hong Kong decretaram a epidemia que começou no centro da China uma emergência pública e anunciaram uma série de medidas no sábado. Até o momento, seis casos foram detectados no território autônomo.

Leia mais em Istoé

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG