Premium Português vai liderar nova geração de relatórios do PNUD

O português Pedro Conceição vai liderar uma nova geração dos relatórios do PNUD

O português Pedro Conceição vai liderar uma nova geração dos relatórios do PNUD

  |  Nações Unidas

Pedro Conceição, até agora diretor de política estratégica do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), assume a nova função com o objetivo de preparar a "próxima geração" dos Relatórios do PNUD.

Uma referência a nível internacional, o Relatório de Desenvolvimento Humano do Programa das Nações Unidas para o Desenvolviemnto (PNUD) vai entrar no próximo ano numa nova fase, sob a liderança do português Pedro Conceição, anunciou hoje o administrador do PNUD, o germano-brasileiro Achim Steiner.

"Tenho o prazer de anunciar que Pedro Conceição vai preparar a próxima geração dos Relatórios de Desenvolvimento Humano do PNUD", afirmou Steiner.

"O PNUD está comprometido em fornecer ideias inovadoras e assessoria política e, como parte desse impulso, estamos a reinvestir na abordagem de desenvolvimento humano para repensar o que os relatórios de desenvolvimento humano global, regional e nacional podem oferecer. Pedro Conceição traz um excelente histórico para esta posição de liderança que combina excelência no campo da economia com um histórico global em política de desenvolvimento aplicada. Ele conquistou respeito e admiração de académicos e profissionais e é considerado um 'colega' em ambas as comunidades", referiu Steiner, que desde 2017 está à frente do PNUD.

Publicado desde 1990, o Relatório de Desenvolvimento Humano gera centenas de relatórios nacionais e regionais de desenvolvimento humano que destacam questões críticas como migração, juventude e mudanças climáticas, e antecipa tendências.

"Investindo em novas parcerias, aplicando novas métricas de desenvolvimento e afirmando a sua independência editorial, estou confiante de que este relatório pode abrir novos caminhos e fornecer liderança de pensamento, continuando a relatar questões críticas e muitas vezes sensíveis", defendeu ainda Achim Steiner.

Licenciado em Física pelo Instituto Superior Técnico e em Economia pela Universidade Técnica de Lisboa e doutor em Políticas Públicas pela Lyndon B. Johnson School of Public Affairs da Universidade do Texas em Austin, onde estudou com bolsa de estudos Fulbright, Pedro Conceição trabalha nas Nações Unidas desde outubro de 2001, onde começou como diretor adjunto do departamento de Estudos de Desenvolvimento.

Depois de assumir a direção do departamento entre março de 2007 e novembro de 2009, Pedro Conceição foi economista-chefe da Unidade de Assessoria Estratégica no Escritório Regional do PNUD para a África. Desde outubro de 2014, dirige o Departamento de Política Estratégica do PNUD.

Pedro Conceição foi professor assistente no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, lecionando e pesquisando sobre ciências políticas, tecnologia e inovação, temas sobre os quais tem várias obras publicadas.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG