Premium Portugal consome mais álcool que a Rússia, alerta OMS

Portugal consome mais álcool que a Rússia, alerta OMS

Autoridades defendem mais taxação e menos marketing para as bebidas alcoólicas.

O consumo de álcool em Portugal é superior ao que foi registado na Rússia, avança a Organização Mundial de Saúde (OMS), numa notícia avançada pelo jornal Público. Em média, cada português consome 12,3 litros por ano, ao passo que cada russo, a título de comparação, bebe 11,7 litros no mesmo período.

Os dados da OMS são relativos a 2016, mas não deixam de ser preocupantes. Portugal está acima da média europeia, que se situa nos 9,8 litros por ano. Contudo, o consumo, nota a organização como ponto positivo, tem vindo a diminuir em todos os países.

O consumo de bebidas alcoólicas na Rússia diminuiu drasticamente depois de implementadas medidas de combate ao consumo excessivo de álcool, algo que a OMS aconselha e gostava de ver acontecer em Portugal, nomeadamente com uma medida que passe pelo aumento do preço ou das taxas sobre as bebidas com álcool.

A representante portuguesa da OMS, Carina Ferreira Borges, vai mais longe e propõe o estabelecimento de preços mínimos, bem como a redução de exposição e publicidade das bebidas com teor alcoólico.

Ainda assim há boas notícias. Apesar de Portugal estar acima da média no consumo per capita, não se pode dizer o mesmo dos dados relativos às mortes derivadas do consumo de álcool. Por cada milhão de mortes em Portugal, 282 são provocadas pelo consumo alcoólico. Já na União Europeia, a média fica pelas 383 mortes.

Relacionadas

Exclusivos