Polícia que prendeu filho de "El Chapo" foi assassinado com 155 balas

A detenção - e posterior libertação do filho de Joaquín "El Chapo" Guzman, em outubro, foi um embaraço para as autoridades e para o presidente mexicano. Um dos polícias que prendeu o filho do traficante foi brutalmente executado.

Um dos polícias que prendeu, em outubro, o filho de Joaquin "El Chapo" Guzman, foi assassinado com 155 balas no parque de estacionamento de um centro comercial no México.

De acordo com a Sky News, o "ataque brutal" aconteceu no bairro Las Moras, em Culiacan, a cidade dominada pelos gangues e violência relacionada com o tráfico de drogas e o "ninho" do Cartel de Sinaloa, liderado por "El Chapo".

Leia mais em Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG