Polícia Federal prende duas mulheres que participavam de estupros de crianças

O crime de violação de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão

O crime de violação de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão

  |  Juan Pablo Arenas/Pexels

Os atos eram filmados e distribuídos em fóruns da deep web, nome dado para uma zona da internet que não é facilmente detectada.

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira, 19, em Iguape e Cajati, no Vale do Ribeira, São Paulo, duas mulheres acusadas de participarem de uma série de estupros e torturas contra duas crianças, uma de 5 anos e uma de 12 anos. Os atos eram filmados e distribuídos em fóruns da deep web, nome dado para uma zona da internet que não pode ser detectada facilmente pelas tradicionais ferramentas de busca.

As prisões fazem parte da segunda fase da Operação Pedomom, que começou em maio deste ano e prendeu um homem em Iguape. A investigação partiu de um comunicado da Interpol sobre a detenção de um casal de ucranianos que produzia e distribuía arquivos contendo imagens de abuso sexual infantil naquele país.

Leia mais em Band

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG