PNUD lança projecto de gestão de calamidades

Vítimas da seca no Sul do país recebem apoio institucional

Vítimas da seca no Sul do país recebem apoio institucional

  |  Domingos Mucuta/Edições Novembro

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou, ontem, no Namibe, o projecto de fortalecimento das estruturas e capacidades institucionais de gestão de risco e de desastres para apoio a pessoas afectadas pela seca, no município de Moçâmedes.

O projecto, segundo a Angop, contribuirá para o reforço institucional e gestão de risco de desastres e recuperação e fortalecimento de resiliências da seca de 2018 a 2022.

De acordo com o chefe das operações do PNUD, Keita Su Jimoto, que falava no acto de lançamento do projecto, nas três províncias afectadas pela seca (Namibe, Huíla e Cunene), aquela instituição vai disponibilizar três milhões de euros para ajudar as comunidades a fortalecer as capacidades técnicas, visando dar resposta a riscos e desastres.

Leia mais em Jornal de Angola.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG