ONU procura voluntários com urgência para Moçambique

Moradores da ilha Matemo, em Moçambique, região afetada pelo ciclone Kenneth

Moradores da ilha Matemo, em Moçambique, região afetada pelo ciclone Kenneth

  |  PMA/Deborah Nguyen

Os candidatos devem falar inglês e português e estar disponíveis para destacamento imediato em missões voluntárias de três a seis meses para apoiar a resposta humanitária em Moçambique.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, estão à procura de voluntários para Moçambique.

A ONU Voluntários diz que "atualmente trabalha para recrutar urgentemente voluntários nacionais e internacionais da ONU para apoiar os esforços de resposta a emergências do Pnud e da Unicef."

As áreas com especial escassez de voluntários são analista de redução do risco de desastres, intervenções monetárias, comunicação para o desenvolvimento e gestão de informação.

Os candidatos devem ter um mínimo de dois anos de experiência profissional em missões nacionais de voluntários e pelo menos cinco anos de experiência profissional para missões internacionais nas áreas de especialização, bem como fluência em português e inglês.

Mais informações sobre candidaturas podem ser encontradas aqui.

Recorde-se que em março e abril de 2019, o país foi atingido por dois ciclones que causaram mais de 600 mortes. Cerca de 1,85 milhão de pessoas precisam de assistência humanitária urgente.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG