ONU preocupada com superlotação e condições das prisões em Portugal

ONU preocupada com superlotação e condições das prisões em Portugal

Rodrigo Cabrita / Arquivo Global Imagens

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura em relação a Portugal.

Os temas foram discutidos hoje, em Genebra, durante uma avaliação periódica ao abrigo da Convenção contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes.

Durante a sua última sessão de 11 de novembro a 6 de dezembro de 2019, Portugal foi um dos seis países examinados pelo Comité Contra a Tortura da ONU.

Leia mais em Jornal de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG