Obama reforça que diversidade tribal "é uma força" de África

Ex-presidente dos EUA visitou o Quénia e esteve na aldeia onde nasceu o pai, onde inaugurou um centro para jovens com a meia-irmã, Auma.

No país africano, Barack Obama fez questão de enfatizar "que as diferentes etnias não devem ser vistas como inimigas, mas como aliadas, e que a diversidade tribal deve ser vista como uma força, não como fraqueza", apontando o Quénia como o exemplo de "uma África emergente".

Durante a visita ao Quénia, país natal de seu pai, Obama foi à aldeia dos seus antepassados, Kogelo, onde inaugurou um centro para jovens levado a cabo pela Fundação Sauti Kuu, que é liderada por sua meia-irmã Auma.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos