Número de mortos em Moçambique sobe para 73. Ciclone Idai deixa milhares a precisar de ajuda

Número de mortos em Moçambique sobe para 73. Ciclone Idai deixa milhares a precisar de ajuda

Prioridade das equipas de socorro é resgatar as pessoas que estão no cimo de árvores ou casas.

O número de mortes provocadas pela passagem do ciclone Idai pelo centro de Moçambique subiu para 73 e milhares precisam de ajuda humanitária, de acordo com o mais recente balanço das autoridades.

A prioridade "é resgatar as pessoas que estão por cima das árvores, por cima das casas" nas zonas alagadas que cobrem quase toda a região, disse hoje Rita Almeida, dirigente do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), à televisão estatal.

Leia mais em TSF.

Relacionadas

Exclusivos