Modelo belga posa nua frente ao Muro das Lamentações

Muro das Lamentações é o local mais santo para os judeus

Muro das Lamentações é o local mais santo para os judeus

  |  REUTERS

Marisa Papen já antes fora detida no Egito após uma sessão fotográfica sem roupa diante de vários templos.

"Este é um incidente sério e grave", reagiu em comunicado a fundação responsável pela administração do Muro das Lamentações, em Jerusalém. E Shmuel Rabinovitch, o rabino do Muro Ocidental, lamentou um caso que "ofende todos os que vão orar neste local sagrado". Estas são apenas duas das condenações de que Marisa Papen foi alvo após posar nua diante do Muro, o local mais santo para os judeus.

A modelo belga de 26 anos publicou no Instagram uma foto sua, sem roupa, numa espreguiçadeira, tirada numa esplanada em frente ao Muro das Lamentações, que surge como pano de fundo. A imagem integra a exposição Frank Rose - Will Take Cash for Art que inaugurou há dias na Bélgica.

Na fotografia, intitulada Caminho para a Liberdade, não se vê a Mesquita de Al-Aqsa, situada na Esplanada das Mesquitas, por cima do Muro. "Devido à natureza provocatória da imagem, penso que [a mesquita] terá sido apagada], afirmou ao Haaretz Michael Freilich, diretor do Joods Actueel, um mensal judaico holandês.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG