Grupo armado mata oito pessoas em Moçambique, cinco das quais soldados

Grupo armado mata oito pessoas em Moçambique, cinco das quais soldados

EPA/ANTONIO SILVA

Um grupo armado atacou na última noite uma aldeia do Norte de Moçambique e matou oito pessoas, cinco das quais eram soldados, disseram à Lusa fontes locais com base num balanço preliminar.

O ataque faz parte da onda de violência armada que dura há dois anos na região e que na quinta-feira fez paralisar parte das obras dos megaprojetos de exploração de gás natural.

Desta vez os confrontos aconteceram na localidade de Mengaleuwa, posto administrativo de Chitunda, 150 quilómetros a sudoeste dos estaleiros das petrolíferas.

Leia mais em Diário de Notícias

Exclusivos