Maioria sem interesse em viver na Grande Baía

A Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau

A Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau

A maioria dos residentes de Macau não tem interesse em viver ou trabalhar na Grande Baía, ou seja, nem nas nove cidades da província de Guangdong nem em Hong Kong. A principal razão? Não se identificam com o estilo de vida. É o que mostram os resultados de um inquérito realizado por uma equipa de académicos da Universidade de Macau (UM).

Segundo o estudo, divulgado hoje, as diferenças culturais e de valores foram o segundo argumento invocado pelos entrevistados para justificar a falta de interesse numa mudança para a Grande Baía. Mas, ressalvam os autores do estudo, há "diferenças significativas" nas opiniões expressas dependendo da idade, sexo e profissão ou até mesmo da forma como os próprios inquiridos se identificam: se como residentes de Macau ou como cidadãos chineses.

Já os que manifestaram vontade em ir viver ou trabalhar para outras cidades da Grande Baía elencaram como principal motivo a possibilidade de terem melhores oportunidades e a expectativa de um custo de vida mais baixo.

Leia mais em TDM - Rádio Macau.

Relacionadas

Exclusivos