Madrid proíbe uso de telemóvel nas salas de aulas já no próximo ano letivo

O governo regional de Madrid proibiu o uso de telemóveis nas salas de aulas

O governo regional de Madrid proibiu o uso de telemóveis nas salas de aulas

  |   Orlando Almeida / Global Imagens

A medida vai afetar cerca de 800 mil estudantes do ensino não universitário de 1700 escolas da Comunidade de Madrid, que segue o exemplo dos governos regionais de Galiza e Castela-Mancha.

A partir do próximo ano letivo é proibido o uso de telemóveis nas salas de aula de 1700 escolas públicas da Comunidade de Madrid. Cerca de 800 mil estudantes do ensino não universitário vão ser afetados, escreve o El Mundo. A medida vai ser obrigatória nos "períodos escolares", exceto quando os telemóveis são utilizados com fins educativos ou em casos de alunos que precisam do aparelho "por razões de saúde ou incapacidade".

"Esta é uma medida que visa melhorar os resultados académicos dos estudantes, especialmente aqueles que têm grandes problemas com o estudo, e está também focada no combate ao cyberbullying e bullying", justifica um porta-voz do Ministério da Educação, citado pelo jornal.Se os alunos não cumprirem com a medida estipulada pelo governo regional de Madrid, cabe ao professor ou à direção decidir qual a ação corretiva a aplicar, que pode contemplar a apreensão temporária do telemóvel.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG