Juíza aceita denúncia e João de Deus vira réu por abusos sexuais

João de Deus

João de Deus

A juíza de 1ª instância aceitou a denúncia do Ministério Público contra o médium João de Deus. Vai ser julgado pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual

O médium João de Deus está preso no Núcleo de Custódia e nega as acusações. Ele está sendo ouvido pela Polícia Civil dentro do presídio. As informações são do G1.

A juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, de primeira instância, aceitou nesta quarta-feira a denúncia contra o médium João de Deus e ele passa a ser réu pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual em Abadiânia.

Conforme nota divulgada pela corporação, o depoimento ocorre no âmbito do inquérito sobre a posse ilegal de armas de fogo encontradas na casa dele durante buscas. Esta é a primeira vez que o médium é ouvido depois que a delegada Karla Fernandes assumiu a coordenação das investigações. Segundo a corporação, este inquérito deve ser finalizado nesta quarta-feira e remetido ao Judiciário.

Leia mais em ISTOÉ

Relacionadas

Exclusivos