Premium Judiciária aperta o cerco aos suspeitos do roubo

Judiciária aperta o cerco aos suspeitos do roubo

A Polícia Judiciária (PJ) está a apertar o cerco aos suspeitos do roubo do material de guerra de Tancos, conhecido a 29 de junho de 2017 - confirmando as suspeitas que foram indicadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) logo no início do processo: "Suspeitas da prática dos crimes de associação criminosa, tráfico de armas internacional e terrorismo."

Relacionadas

Exclusivos