Irmão gay de Isabel dos Santos: "Ninguém escolhe a família"

Coreón Dú

Coreón Dú

Coreón Dú distancia-se do processo por corrupção que envolve a irmã num comunicado que enviou à revista LGBT Advocate: "Ninguém escolhe a família onde nasce"

Homossexual assumido, o meio irmão de Isabel dos Santos, o estilista gay Coreón Dú, 35 anos, enviou um comunicado à revista LGBT Advocate, no qual se distancia do processo por corrupção Luanda Leaks, em que a empresária é arguida. "Ninguém escolhe a família onde nasce mas toda a gente tem o direito humano à dignidade, à sua individualidade e à privacidade", afirma Coreón Dú no documento.

O direito à privacidade é algo que Coreón Dú diz nunca ter tido. "Nunca tive esse direito desde que nasci por causa da minha ligação genética a pessoas que escolheram carreiras na política ou tinham outras atividades de grande exposição", como as suas duas irmãs Tchizé e Isabel dos Santos e ainda José Filomeno dos Santos, anterior presidente do Fundo Soberano de Angola. Filomeno e Isabel são arguidos em processos na justiça angolana por suspeita de corrupção, peculato e falsificação de documentos.

"Por muito orgulho que tenha na minha identidade pessoal, nunca escolhi ser um homem de cor gay que está geneticamente ligado a pessoas em certas posições ou cargos. O meu trabalho sempre esteve sob a mira dos holofotes e eu nunca tive sequer qualquer cargo público em Angola nem qualquer filiação política".

Dú, batizado José Eduardo Paulino dos Santos Jr, é estilista, músico, realizador e produtor que vive atualmente em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Depois de ter frequentado o ensino secundário nos EUA, Dú voltou a Angola onde atingiu o sucesso como cantor (tendo chegado ao top 20 Billboard de Canções Latinas com a canção "Bailando Kizomba"), como caçador de talentos, agente de modelos (que tem na sua conta as top models Maria Borges, Alécia Morais e Amilna Estevão) e galardoado realizador de cinema e produtor televisivo, como refere o artigo da Advocate.

Num artigo recente da revista para o público LGBT foi destacado o percurso de Coreón Dú, nomeadamente as suas criações unissexo e a abertura da sua loja em West Hollywood. Para as suas coleções de moda, o irmão de Isabel dos Santos encontra inspiração nas várias culturas representadas em Angola. Num documentário que realizou, intitulado Bangaologia, Dú percorreu o seu país discutindo a importância da moda com líderes tribais.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG