Zimbabué vendeu 98 elefantes por dois milhões de euros

Venda de 90 elefantes rendeu ao Zimbabué 2,4 milhões de euros. O país africano argumenta que vai utilizar o dinheiro na conservação dos restantes animais.

O Zimbabué conseguiu 2.7 milhões de dólares (2.4 milhões de euros) com a venda de mais de 90 elefantes para a China e Dubai, de acordo com um porta-voz da agência de animais selvagens do país. O dinheiro das vendas será, no entanto, "usado para apoiar os esforços de conservação", de acordo com Tinashe Farawo, porta-voz do Departamento de Parques e Vida Selvagem do Zimbabué.

O país africano estava em dificuldades para controlar a população de elefantes nos parques nacionais. Os lucros das transações foram acumulados ao longo de seis anos, e serão canalizados para a preservação dos restantes elefantes-africanos. "Estamos a debater-nos com um número cada vez maior de elefantes. Acreditamos na utilização sustentável dos nossos recursos, e os elefantes têm de pagar pela sua manutenção", admitiu Farawo, em declarações à CNN .

Leia mais em TSF

Exclusivos