Venezuela exportou secretamente toneladas de ouro para a África, diz Wall Street Journal

Eric Gaillard/Reuters

Para jornal, operações ajudam ditador Nicolás Maduro a escapar de sanções e se manter no poder.

O governo do ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, está vendendo suas reservas de ouro como parte de uma operação secreta no leste da África, em um modo de eludir a sanções impostas pelos EUA, afirmou reportagem publicada pelo Wall Street Journal nesta terça-feira (18).

De acordo com o jornal americano, apenas em dois voos no início de março, 7,4 toneladas de ouro com valor de mercado estimado em US$ 300 milhões (R$ 1,2 bilhão) foram transferidas da Venezuela para uma refinaria em Uganda.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos