O homem do Palácio do Kebab vai ser julgado por agressão com espátula

O imigrante turco que, há três anos, se defendeu de um grupo de jovens que invadiram o seu restaurante no Cais do Sodré é um dos acusados. O outro é o indivíduo que disparou um tiro na sua direção e que responde em tribunal por tentativa de homicídio.

Foi há mais três anos que as imagens de violência no exterior do Palácio do Kebab, em Lisboa, correram o país, com o dono do restaurante, o turco Mustafa Kartal, a enfrentar um grupo de jovens às primeiras horas do dia.

Os confrontos foram originados pela entrada de mais de duas dezenas de pessoas no espaço no Cais do Sodré depois de terem saído de uma festa africana numa discoteca próxima. Após investigação da Polícia Judiciária e do Ministério Público, condicionada pela apresentação ou não de queixa por ofendidos, Mustafa Kartal, hoje com 37 anos, começa esta quarta-feira a ser julgado pelo crime de ofensa à integridade grave, enquanto um dos indivíduos envolvidos, o que terá efetuado um disparo com arma de fogo, responde pelo crime de homicídio qualificado na forma tentada em concurso com detenção ilegal de arma. O julgamento decorre em tribunal coletivo, em Lisboa.

Leia mais em Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos