Justiça recupera cerca de 800 mil euros, imóveis e viaturas de luxo

A Procuradoria-Geral da República de Moçambique (PGR) recuperou, nos últimos dois anos, 56 milhões de meticais (796 mil euros), 12 imóveis e 13 viaturas de luxo em casos de corrupção, refere um relatório da entidade.

O relatório refere que os ativos recuperados dizem respeito a mais de 20 processos de corrupção julgados pela Justiça moçambicana entre 2016 e 2018.

O documento assinala que a apreensão de valores monetários e bens adquiridos com o dinheiro da corrupção continua um grande desafio.

Nesse sentido, a PGR entende que a Assembleia da República deve aprovar legislação específica sobre recuperação específica.

O Governo está a preparar uma proposta de lei sobre a matéria.

Relacionadas

Exclusivos