Instituto Camões vai formar em português administração pública espanhola

Sede do Instituto Camões, em Lisboa

O Camões - Instituto da Cooperação e Língua vai formar em língua portuguesa quadros do Instituto Nacional de Administracão Pública de Espanha

Os cursos, com a duração de 12 semanas e uma carga horária estimada de 60 horas, serão desenvolvidos 'online', através da plataforma de 'e-learning' do Instituto Camões , informou hoje o organismo que superintende ao ensino de português no mundo.

"Com tutoria do Centro Virtual Camões, em articulação com a Coordenação de Ensino de Espanha e Andorra, serão abrangidos, este ano, cerca de 65 formandos, envolvendo os níveis A1 a C1 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas", referiu o Instituto Camões, numa nota enviada à agência Lusa.

O arranque deste projeto está previsto para 16 de maio e estender-se-á até 15 de novembro deste ano.

Esta ação com o organismo autónomo espanhol, dependente do Ministério de Política Territorial e Função Pública de Espanha, reforça a colaboração desenvolvida pelo Instituto Camões com entidades de Espanha na promoção do ensino e da aprendizagem da língua portuguesa naquele país.

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

Relacionadas

Exclusivos