"Fui o último a sair vivo da mesquita". Relatos de quem assistiu ao horror

Crianças, mulheres e homens rezavam em duas mesquitas. Atirador disparou sem parar. Morreram 49 pessoas e 48 estão feridas.

Há medida que as horas passam, os relatos de sobreviventes que assistiram ao ataque terrorista desta sexta-feira em duas mesquitas da cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, contam uma história de terror. Morreram 49 pessoas e 48 ficaram feridas. O atirador disparou indiscriminadamente contra homens, mulheres e crianças.

Ramzan Ali estava a rezar na mesquita de Al Noor- onde foram assassinadas 41 pessoas - e viu o homem ao seu lado a ser baleado. "Posso dizer que sou abençoado. Tive sorte. Alá estava a olhar por mim", disse ao The New Zealand Herald.

Leia mais em Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos