Equipas de resgate chinesas em Moçambique

Uma equipa de resgate chinesa viajou de Pequim para Moçambique, no passado domingo, para participar nas ações de busca e salvamento, dar assistência médica e ajudar na prevenção de epidemias, na sequência da passagem do ciclone Idai.

A equipa, composta por 65 membros, foi enviada, a pedido do governo de Moçambique.

Fontes do Ministério de Gestão de Emergência disseram que esta foi a primeira missão de resgate no exterior por uma equipa chinesa, desde a instalação do ministério em março de 2018.

O ciclone tropical Idai atingiu Moçambique, Zimbabué e Malaui, no passado dia 15. A região da cidade da Beira, em Moçambique, foi das zonas mais fustigadas por fortes ventos e chuvas, havendo a registar, pelo menos, 446 mortes e 500 mil pessoas afetadas.

Relacionadas

Exclusivos