Equador está prestes a expulsar Assange de embaixada em Londres

O australiano Julian Assange, fundador do site Wikileaks, no terraço da embaixada equatoriana em Londres

O Equador planeja expulsar Julian Assange de sua embaixada em Londres nas próximas "horas ou dias", revelou o WikiLeaks na noite desta quinta-feira (4).

O país já teria acertado os detalhes da prisão do ativista australiano com as autoridades do Reino Unido. As informações foram vazadas ao WikiLeaks por um funcionário do alto escalão do governo equatoriano.

Assange vive na embaixada equatoriana em Londres desde 2012 para evitar ser detido e extraditado para a Suécia, onde era investigado por estupro. O processo foi arquivado pela Justiça da Suécia, mas as autoridades britânicas ainda buscam prendê-lo.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos