"Grande luta" do país é contra tráfico de droga

"Grande luta" do país é contra tráfico de droga

O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, afirmou hoje à Lusa que a prioridade do país é a "grande luta" contra o tráfico de droga, horas depois da apreensão de 789 quilos de cocaína, o maior carregamento na história da Guiné-Bissau.

"Eu costumo dizer: olhem bem para estas mãos, não é mão de droga, não é mão de sangue e não é mão da corrupção. A grande luta é exatamente contra o surto da droga. Por isso, para mim foi uma grande satisfação quando ontem tive conhecimento que aconteceu isso na Guiné-Bissau", disse, questionado pela Lusa depois de ter votado para as eleições legislativas.

Nas declarações, José Mário Vaz disse também que a comunidade internacional deve ficar a saber que os guineenses estão determinados a resolver o problema.

E que os parceiros internacionais "vejam na Guiné-Bissau um país de paz e de liberdade", acrescentou.

A Polícia Judiciária (PJ) da Guiné-Bissau fez no sábado a maior apreensão de droga da história do país, cerca de 800 quilos de cocaína.

A cocaína agora apreendida, "com elevado grau de pureza", pesava 789 quilos. De acordo com a PJ guineense, a maior apreensão anterior tinha sido de 650 quilos de droga, em 2007.

A droga seguia num camião, escondida num fundo falso, em vários sacos de 30 quilos, em pacotes pretos, e a rede de traficantes integrava elementos associados à al-Qaida do Magrebe Islâmico.

Relacionadas

Exclusivos