EUA investigam esquema de propina em negociação de petróleo no Brasil

Elementos da Polícia Federal durante uma investigação no Rio de Janeiro no âmbito da operação Lava Jato

Elementos da Polícia Federal durante uma investigação no Rio de Janeiro no âmbito da operação Lava Jato

É a primeira confirmação de que investigadores norte-americanos se juntaram à Lava Jato.

O Departamento de Justiça dos EUA está investigando um ex-negociador de petróleo da Petrobras que já foi acusado no Brasil por participação em esquema de corrupção envolvendo as tradings de commodities Vitol, Glencore e Trafigura. É a primeira confirmação de que investigadores norte-americanos se juntaram à nova fase da operação Lava Jato, que prendeu mais de 130 políticos e empresários em toda a América Latina.

A Procuradoria dos EUA no Distrito Leste de Nova York tem conversado com Rodrigo Garcia Berkowitz, 39, negociador de petróleo que está baseado em Houston. No Brasil, foi investigado por aceitar milhões de dólares em propinas, segundo uma das pessoas próximas do caso.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos