"Esta atitude é uma declaração de guerra." Bombeiros desagradados com decisões sobre carreiras

"Esta atitude é uma declaração de guerra." Bombeiros desagradados com decisões sobre carreiras

Jaime Marta Soares entende que algumas das decisões chegam ao "ridículo e ofensivo".

"Penso que o Primeiro-Ministro não gosta dos bombeiros portugueses. Esta atitude é uma declaração de guerra". É assim que Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, vê as decisões do Conselho de Ministros que aprovam, entre outros, um regime de carreira própria para os bombeiros.

Marta Soares destaca, sobretudo, o facto da Liga não ser consultada antes de decisões estruturais. "Entendemos que há um conjunto de situações que nem sequer são minimamente referidas no relatório do Conselho de Ministros. Depois há situações absolutamente caricatas, quando falam em apoios sociais aos bombeiros e vêm referenciar como um dos grandes apoios, a possibilidade dos bombeiros terem entrada gratuita nos museus. Acho isto ridículo e ofensivo para os bombeiros portugueses."

Leia mais em TSF

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG