Dezenas de brasileiros burlados por falso advogado na obtenção de residência em Portugal

Dezenas de brasileiros burlados por falso advogado na obtenção de residência em Portugal

Carlos Manuel Martins/Global Imagens

Investigação desenvolvida nos últimos dois anos pelo SEF culminou num despacho de acusação contra dois arguidos pela prática de 85 crimes de burla qualificada e de falsificação de documentos. Um dos arguidos identificava-se como advogado e garantia aos cidadãos estrangeiros que acelerava processos de regularização mediante um pagamento.

Cidadãos estrangeiros, maioritariamente brasileiros, que tencionavam regularizar a sua situação em Portugal foram alvo de burla por um indivíduo que se identificava como advogado e garantia que acelerava os processos mediante pagamento. A investigação desenvolvida pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) durante dois anos culminou num despacho de acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa contra dois arguidos pela prática de 85 crimes de burla qualificada e de falsificação de documentos.

Segundo comunicado do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras ​​​​​​enviado ao DN, "a investigação teve origem na deteção de inúmeros casos de cidadãos estrangeiros, maioritariamente de nacionalidade brasileira, que compareciam aos balcões do SEF para tratar da sua situação documental em território nacional sendo, nesse momento, confrontados com a inexistência de qualquer agendamento em seu nome".

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Exclusivos