Detidos suspeitos do roubo do material de guerra

Detidos suspeitos do roubo do material de guerra

O Ministério Público (MP) e a Policia Judiciária (PJ) tem em curso uma operação na zona centro e Algarve para deter cerca de uma dezena de suspeitos envolvidos no roubo de Tancos, em junho de 2017.

A operação está a ser coordenada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e executada pela PJ. Há buscas e detenções a ser realizadas no centro do país e no Algarve. O alvo da autoridades são cerca de uma dezena de suspeitos de terem estado envolvidos direta ou indiretamente no assalto aos paióis, de onde foram desviadas munições, explosivos e granadas em junho do ano passado. Não haverá militares entre os detidos.

Em causa estão os crimes que a Procuradoria-Geral da República (PGR) tinha indicado no início desta investigação e que são reiterados nos mandados de captura: "suspeitas da prática dos crimes de associação criminosa, tráfico de armas internacional e terrorismo", ao qual se deverá juntar também o tráfico do droga.

Leia mais em Diário de Notícias.

Relacionadas

Exclusivos