Cuidados médicos no Porto são a esperança para quatro crianças da Guiné

Nazaré com a mãe no hospital de Bôr, Guiné, com a enfermeira portuguesa Maria José Ferreira

Nazaré com a mãe no hospital de Bôr, Guiné, com a enfermeira portuguesa Maria José Ferreira

  |  Leonardo Negrão - Global Imagens

Nazaré, a menina de três anos que ingeriu soda cáustica e se alimenta com uma sonda é uma das quatro crianças guineenses, com idades entre os três e os 11 anos, que chegaram hoje à ala pediátrica do Hospital de São João.

São quatro crianças da famílias diferentes e que não se conheciam até há poucos dias, não falam português - apenas crioulo da Guiné, chegaram só com a roupa no corpo, e de início até vão estranhar a comida. Um iogurte pode ser uma novidade para Nazaré (3 anos), Bidansata (4), Janice (3) e Maria Augusta (11) mas no Hospital de São João, no Porto, onde chegaram hoje de manhã e ficarão em tratamento nos próximos meses, beneficiam de uma equipa médica e auxiliar com experiência no acolhimento de crianças e jovens da Guiné-Bissau que vêm receber tratamentos a Portugal.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG