Ciclista que tentava atravessar Sibéria a -50ºC quase morre congelado

Ciclista que tentava atravessar Sibéria a -50ºC quase morre congelado

Ciclista que tentava atravessar Sibéria a -50ºC quase morre congelado

Aventura quase terminou em tragédia se não fosse por três jovens russos a resgatá-lo.

O ciclista Andrés Abian, da cidade espanhola de Zaragoza, já pedalou grandes distâncias no Paquistão, no Nepal e na Mongólia. Sua última aventura, porém, foi atravessar a Sibéria no inverno. O problema é que, nesse vasto território russo, temperaturas de -50ºC e fortes nevascas são comuns nessa época do ano.

O espanhol, que já pedalava havia várias semanas, teve as mãos congeladas enquanto percorria a estrada para Kolimá, conhecida como parte do sistema das gulags, e teve de ser internado às pressas em um hospital da região.

Leia mais em Band

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG