China confirmou detenção de dois canadianos acusados de espionagem

China confirmou detenção de dois canadianos acusados de espionagem

A China confirmou, na quinta-feira, que deteve dois canadianos suspeitos de espionagem e o Governo canadiano já exigiu a sua "libertação imediata", numa escalada de crise diplomática entre os dois países.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, disse hoje que Michael Kovrig e Michael Spavor, oriundos do Canadá, foram detidos em dezembro de 2018, suspeitos de roubar segredos de Estado, numa manobra entendida como procurando exercer pressão sobre aquele país, com quem existe um conflito diplomático.

O Governo do Canadá já sabia desta detenção e estava a acompanhar o processo.

Leia mais em Jornal de Notícias

Relacionadas

Exclusivos