Brasileira vence Prémio de Defensora Militar do Género

Márcia Andrade Braga, que serve na Missão da ONU na República Centro-Africana desde 2018, recebe o prémio na sexta-feira, 29 de março, em Nova Iorque.

A capitão de corveta brasileira Márcia Andrade Braga é a vencedora do Prémio de Defensora Militar do Género das Nações Unidas, uma distinção criada em 2016 que reconhece a dedicação e os esforços individuais dos boinas azuis para "promover os princípios da Resolução de Segurança da ONU 1325 sobre mulheres, paz e segurança".

Ao serviço da Missão da ONU na República Centro-Africana (Minusca) desde 2018, Márcia Andrade Braga confessou-se orgulhosa pela atribuição do prémio e deixou um alerta. "As missões da ONU precisam de mais mulheres para manter a paz, para que as mulheres locais possam falar mais livremente de questões que afetam as suas vidas", afirmou à agência ONU News.

Como conselheira militar de género na Minusca, a boina azul brasileira ajudou a criar uma rede de conselheiros de género e a capacitar pontos focais entre as unidades militares. A promoção de equipas mistas de homens e mulheres na realização de patrulhas foi outra das suas iniciativas, uma medida que, explica, "ajuda a entender as necessidades" de pessoas de todos os géneros.

Instalação de bombas de água perto de aldeias, iluminação com energia solar e desenvolvimento de hortas comunitárias foram algumas das necessidades identificadas e implementadas com o objetivo de as mulheres não terem que percorrer grandes distâncias para cuidar das plantações.

Mesmo dentro da ONU, Márcia ajudou a aumentar a consciência dos seus colegas sobre a dinâmica de género nas operações de paz. Razões para o subsecretário-geral do Departamento de Operações de Paz, Jean-Pierre Lacroix, afirmar que Márcia Andrade Braga "é um excelente exemplo" da razão porque a organização precisa de mais mulheres nas missões de manutenção de paz e um garante de que a voz de mulheres centro-africanas seja ouvida no processo de paz em curso".

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG