Brasil é o país com maior retorno salarial para diplomados

Salários de quem tem ensino superior completo são 2,5 vezes mais elevados

Salários de quem tem ensino superior completo são 2,5 vezes mais elevados

  |  Cesar Okada

Instituições buscam aproximar os programas universitários do mercado de trabalho.

Em uma economia que enfrenta alto índice de desemprego e mudanças tecnológicas disruptivas, os cursos de graduação ainda encontram dificuldade em se voltar para as necessidades das empresas. Mas isso está mudando. "Existe uma consciência maior dos desafios de ter uma conexão mais produtiva e efetiva com o mercado de trabalho", diz Carolina da Costa, vice-presidente de Graduação do Insper. Segundo ela, atualmente existem várias certificações e, por isso, uma maior necessidade das instituições explicarem o valor do título superior. "É preciso urgentemente aproximar as escolas das empresas", afirma Antonio Freitas, pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Pós-graduação da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O diploma ainda é um diferencial importante no País. Segundo estudo da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), entre os 36 países da entidade, o Brasil é o que apresenta as melhores taxas de empregabilidade e o maior retorno salarial para quem possui ensino superior completo. Uma pessoa com graduação ganha 2,5 vezes mais do que alguém com o ensino médio - a média na OCDE é de 1,6 vezes.

Leia mais em ISTOÉ

Relacionadas

Exclusivos