Amarelo vs azul: restaurantes de Hong Kong tomam partido

Amarelo vs azul: restaurantes de Hong Kong tomam partido

AFP

À medida que as manifestações em Hong Kong continuam, uma seleção de fitas coloridas representa as diversas opiniões no complexo debate, mas, ao mesmo tempo, causa grandes ruturas, imagine-se, até em famílias.

Uma longa fila para o pequeno-almoço do lado de fora do café Lang Hum, em Hong Kong, no sábado - um restaurante rotulado como "fita amarela" - numa clara demonstração de apoio aos manifestantes antigovernamentais. Alguns clientes que esperam por uma mesa, dizem que querem apoiar o restaurante depois que ele foi recentemente vandalizado pelo chamado grupo pró-Pequim "fita azul".

Os negócios com tendência azul ou amarela estão agora marcados num mapa, facilitando a localização de restaurantes que estejam alinhados com as diversas opiniões políticas.

Kate Lee é dona de um café "fita azul". "Isso afeta-me diretamente. Quando eles diferenciam claramente os negócios entre amarelo e azul, acho que as pessoas que defendem a fita amarela não gostam de mim. O pessoal da fita azul apressaria-se a apoiar-me. Há bons e maus impactos, contudo isto afeta as pessoas de Hong Kong. Nas ruas, a situação é muito tensa, principalmente durante os fins de semana. As pessoas não se atrevem a sair e comer."

Hong Kong está agora em seu quinto mês de protestos, que a mergulham na sua maior crise política em décadas, o que tem afetado fortemente a sua economia.

Relacionadas

Exclusivos