UNITA reclama restos mortais de Jonas Savimbi

UNITA reclama restos mortais de Jonas Savimbi

Isaias Samakuva afirmou que a verdadeira História de Angola ainda não está escrita e que a que se conta sobre Jonas Savimbi é uma simples mentira

O presidente da UNITA, Isaías Samakuva apelou ao Estado angolano para a libertação dos restos mortais de Jonas Savimbi, líder fundador do maior partido da Oposição em Angola, a fim de se ultrapassar as divisórias ainda existentes e para se construir uma nova atitude perante a Pátria e o futuro. O actual presidente da UNITA falava no último fim-de-semana em Luanda, à margem da celebração do 84º aniversário natalício de Jonas Malheiro Savimbi, comemorado a 03 de Agosto. Na ocasião, Isaías Samakuva engrandeceu os feitos do fundador do partido do "Galo Negro" e referiu que não há razão alguma para que o Estado angolano mantenha Jonas Malheiro Savimbi "preso, mesmo depois de morto".

Leia mais em O País

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG